Páginas

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Ausência de Humanidade

( Um pequeno fragmento, que me fez lembrar de tantas outras 'ausências' que há no ser humano. )

"...Entre o falso leite, a falsa arte, a falsa crítica de arte, o falso dinheiro do governo, a falsa palavra do político; entre a falsa mulher, a falsa meia de náilon, a falsa companhia e falsa democracia- glória a ti. Mergulhamos no frenesi das falsificações; nossos panos são de falsos tecidos, os sapatos de falso couro, as garrafas de falsa bebida, as palavras de falsa moral. Há orquestras tocando falsas músicas e oradores com a voz embargada pela falsa emoção; e o chefe de polícia resolve punir falsos crimes. Os partidos fazem uma falsa coalizão ou se colocão em falsa oposição ou hipotecam falso apoio; e todos comem falsa manteiga, bebem água de falsa pureza e tomam falsos banhos sem água. De tudo isso nos queixamos aos falsos amigos; e todos nos fazem falsas promessas, e nos oferecemos falsos banquetes; quando tudo piora, o povo nas ruas promove falsos distúrbios, quebrando falsos artigos de falsos comerciantes..."

Rubem Braga - Louvação

Nenhum comentário: