Páginas

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Razões


Hoje a lua está meia.

Meia inteira, meia cheia,

Meia lua, meia-noite e meia.

Hoje a Lua sou eu.

Meio só, meio triste,

Sem Sol.

O que é à noite sem o dia?

O que é a realidade sem a fantasia?

O que o pé de Lima vaz fazer sem sua menina?

E eu lua meio na minha,

O que vou fazer sem meu sol que

Me trás o dia?

Certamente,

Não existiria.

Gabriela Vaz

Um comentário:

Carolline Muniz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.